escrever para não morrer


E-mail this post



Remember me (?)



All personal information that you provide here will be governed by the Privacy Policy of Blogger.com. More...



Escrever é um privilégio de quem consegue parar e pedir um tempo pra tudo, nem que seja por cinco minutos do seu dia.

Admiro imensamente aqueles que tem um dia muito mais cheio que o meu, com muito mais coisas pra fazer, e que - além da organização invejável – conseguem sentar e escrever para si e para os outros. Um dia eu consigo.

Quando decidi fazer o blog, sabia que isso poderia acontecer, mas ao mesmo tempo coloquei esse compromisso de escrever como um exercício necessário. Meus poucos (mas não menos queridos) leitores já perguntaram sobre a ausência dos posts, e o que posso responder? Que a loucura do dia a dia, mais a falta de organização são os culpados? Que a copa é quem atrapalha demais a minha rotina? Acho que não...

Preciso confessar a minha inabilidade em roubar um tempinho do dia (nem precisa ser todo dia, não é?) para mim, para o blog do mondopanno, para outros projetos que não chegam ao papel, e aos poucos, vão se perdendo em alguma gaveta bagunçada da minha cabeça.

Mea culpa.

Bem, o primeiro passo é reconhecer o problema. Já é de grande serventia. Agora só falta cumprir com o prometido. Estou empenhada em tentar resolver os problemas todos, então acredito que vai ser mais fácil, agora. Veremos. : )


3 Responses to “escrever para não morrer”

  1. Anonymous chini 

    oi Paulinha!!
    mas é bom saber que você nao tem escrito porque está dominando o mundo com o seus panninos!
    bjos!
    tha

  2. Anonymous underline 

    maravilhoso esse seu trabalho com pano
    babei (nos coelhinhos principalmente)


    Boa sorte nessa rotina corrida! ;*

  3. Anonymous Testerkks 

    Hellowej

Leave a Reply

      Convert to boldConvert to italicConvert to link

 




mondoweb